Escoliose - Escoliose idiopática

14/09/2015

É o tipo mais comum de escoliose. Existem várias teorias para a causa, mas, por definição, ela não é conhecida.
A escoliose idiopática pode ocorrer em qualquer idade, sendo chamada de:
Escoliose Idiopática Infantil, do nascimento aos 3 anos de idade;
Escoliose Idiopática Juvenil, dos 4 aos 9 anos;
Escoliose Idiopática do Adolescente, dos 10 aos 17 anos;
Escoliose Idiopática do Adulto, quando surge dos 18 anos em diante.

É considerado um diagnóstico de exclusão, o que significa que o médico sempre pesquisará possíveis causas antes de concluí-lo. Apesar de não haver uma causa específica, existem vários critérios estabelecidos para identificar a chance de progressão e o melhor tratamento para cada caso.

Escoliose idiopática do adolescente

Ela corresponde de 80 a 85% dos casos de escoliose idiopática. Ocorre ou é agravada no período de estirão do crescimento. Os principais sinais são a diferença de altura dos ombros e/ou a giba.

Não há alterações neurológicas nesse tipo de escoliose, ou seja, o paciente não deve ter fraqueza ou alteração de sensibilidade nas pernas.
A dor também não é um sintoma marcante. Não há alteração de outros sistemas do organismo e, portanto, independente do tratamento, o paciente leva uma vida normal.

Fonte: www.institutojaccard.com.br / Dr. Alexandre Jaccard CRM PR 27412
Postado em Escoliose por Instituto Jaccard

Deixe um Comentário